Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

A importância da produtividade para as organizações



A situação de extrema concorrência no mercado atual exige que as empresas corram atrás de suas vantagens competitivas para promover a completa satisfação de seus clientes, pois quanto maior for a satisfação, maior será a qualidade dos serviços prestados, e em conseqüência maior será a produtividade da empresa. Na busca pela completa satisfação do cliente, a organização precisa saber que o significado da palavra qualidade deve ser ampliada para antecipar, atender e superar as necessidades e as expectativas do cliente continuamente. Ou seja, significa trabalhar com os clientes para conhecer seus verdadeiros desejos e objetivos. Na medida em que o treinamento pela busca da satisfação do cliente for crescendo, a organização conquistará a qualidade. Em conseqüência, ao aumentarem e melhorarem as atividades, atingirão a produtividade. Mas, cada caso é um caso. Para algumas empresas conquistar produtividade, ou seja, vender mais, melhor e mais barato poderá se tornar justamente a oportunidade que estava esperando para crescer. No entanto, aquelas que decidirem apenas dividir os lucros entre os principais acionistas, sem pensar nos clientes, funcionários e consumidores, assumirão a própria sentença de morte. Com certeza perderão a credibilidade e confiabilidade de todos estes parceiros citados no processo. Mas o que é produtividade? A produtividade é basicamente definida como a relação entre os resultados obtidos e os recursos utilizados. Os resultados obtidos são definidos em unidades como sejam, por exemplo, toneladas, litros, caixas e euros. Os recursos utilizados são definidos como sejam pessoas, máquinas, materiais e outros. Quanto maiores forem os resultados obtidos ou menor a quantidade de recursos utilizados maior a produtividade. A produtividade é muitas vezes medida por pessoa, mas em muitas situações onde os custos com pessoas são uma percentagem reduzida dos custos totais têm que se ter em conta os outros fatores necessários para produzir os resultados pretendidos. Na melhoria da produtividade deve-se evoluir a partir de um valor de base para se poder comparar os resultados. A produtividade total dos recursos é medida em termos financeiros onde é calculado o resultado obtido por unidade monetária gasta nos diversos recursos. O grau de produtividade de um agente econômico (pessoa, empresa, país, etc.) é, regra geral, um dos melhores indicadores para a medição do nível de eficiência e eficácia do mesmo. Diversos fatores podem influenciar a produtividade, como a disponibilidade de recursos, a tecnologia, o ambiente de trabalho, as relações empregado/empregador, o custo dos insumos, os métodos, os equipamentos, etc. A adequação dos métodos de produção, a redução de ineficiência dos equipamentos, o uso de técnicas mais avançadas como: estudos de tempo e movimentos, layout e movimentação de materiais, são aspectos de grande relevância e contribuem para redução de perdas e, conseqüentemente, para melhoria da produtividade.
Kamila Silva

Nenhum comentário: